Dublagem, um pouco da sua história.

Curiosidades sobre a dublagem

Eae galera, eu sou o Alvaro vulgo Dolinho o seu amiguinho, sou um grande fan de dublagem e quero compartilhar com vocês um pouco do que sei, vou começar uma coluna sobre curiosidades da dublagem, espero que gostem.

Então galera, em 1925 foi que começaram a surgir os primeiros filmes com som, antes eram somente aquelas cartelas com a legenda do que estava acontecendo na cena, no de ano de 1927 tivemos o primeiro filme com algumas falas dubladas, era o filme “The Jazz Singer – O Cantor de Jazz”, e com mais alguns avanços tecnológicos em 1929 chegava aos cinemas o primeiro filme inteiro com som, um fato curioso é que entre 1927 e 1929 alguns estúdios chegaram a cogitar contratar atores de todas as nacionalidades aonde os filmes iriam ser lançados para gravarem as cenas dos filmes “dublando” as cenas na hora mesmo, mas por motivos lógicos e financeiros desistiram da ideia, No ano de 1930 Jacob Karol inventou um sistema que permitia sincronizar áudio e imagem, esse foi o nascimento da dublagem no mundo, nesse período vários filmes começaram a aparecer dublados em outros países e no final dessa década chegou no Brasil, os primeiros elencos de dublagem foram compostos em sua maioria por atores de radio-novela como por exemplo Ida Gomes dublava a fantástica Bette Davis, Lima Duarte emprestava sua voz aos sucessos de Hanna Barbera, Older Cazarré (Dom Pixote), Olney Cazarré (Pica-pau)

O primeiro filme inteiro dublado em português foi A Branca de Neve e Os Sete Anões em 1938 nessa época a dublagem era feita com todos os atores na mesma sala olhando para a tela e sem a ajuda do som para auxiliar, o que fazia com que a dublagem demorasse demais, cerca de quatro a cinco horas a mais do que atualmente, Brasil a dublagem de A branca de Neve ficou a cargo do estúdio CineLab, em São Cristóvão RJ, e foi acompanhada diretamente por uma equipe da Disney para não fugir dos padrões da empresa. Esse filme deu início a dublagem brasileira, que foram seguidos por outros filmes da Disney com este mesmo estúdio como Pinóquio, Bambi, Bela Adormecida, entre outras animações. Também filmes que não os de animação começaram a ser dublados. Um exemplo disso é o filme E O Vento Levou que trazia nomes de peso como Clark Gable e Vivien Leigh, que na versão brasileira forram interpretados pelos atores Marcos Miranda e Fátima Mourão.

Nessa época as produções brasileiras também eram dubladas em estúdio para melhoria de áudio. O cinema brasileiro era muito pobre nos quesitos de aparelhos de som e o recurso da dublagem era utilizado para melhoria de áudio dos filmes. Um bom exemplo disso eram os filmes do cineasta Mazzaropi que em sua maioria eram feitos com pouca verba e com equipamentos com pouca qualidade.

Bom galera espero que gostem, é algo com muito carinho sobre uma arte que merece ser mais reconhecida.
Um grande abraçooooo

Deixe uma resposta


Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.